23 janeiro 2020

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA - CNL


Hoje a EPDRAC esteve representada na fase concelhia do CNL com a Nádia Malheiro e o Guilherme Filipe. Para nós foi uma estreia. Com muito nervosismo por trás, como acontece nas estreias. Mas valeu bem a pena vencer a timidez e os dois leram muito bem 😊! O Gui passou à fase distrital, que vai ser no Gavião. A Nádia (ela ainda não sabe 😏) vai voltar a tentar para o ano, com outros alunos que queiram participar.
O livro que leram foi O pintor debaixo do lava-loiças, de Afonso Cruz. Conta a história de um pintor judeu que, durante a 2ª Guerra Mundial, se refugiou em casa dos avós do autor e se escondia debaixo do lava-loiças para não ser descoberto. Tinha muitos livros de desenhos: nuns desenhava olhos fechados, noutros olhos abertos, noutros árvores, noutros mãos, ... Era uma pessoa um pouco especial, com uma forma de ver as coisas à sua volta também especial. Quando começamos a ler, o livro é um livro um bocado estranho. Mas quando paramos para pensar no que está escrito, vemos que as coisas são mesmo assim. Por exemplo, que temos três estômagos: um que come, outro que respira e outro que ouve e vê, é e com este que aprendemos, que criamos: ele é, ao fim e ao cabo, o motor do Mundo; que as árvores, no Inverno, são simétricas, a parte que está acima do solo é igual à que está enterrada, e outras coisas que, se quiserem saber, terão de ler o livro 😍 .
E o Afonso Cruz estava lá, e falou um bocadinho da sua história como escritor e como profissional, porque ele tem muitas profissões: é realizador de filmes de animação, é ilustrador, é músico, é escritor.
Ele disse que gosta de tudo o que faz, portanto para ele trabalhar é um prazer. Disse também que é muito importante gostarmos do que fazemos na nossa profissão, porque "gastamos" cerca de 45 anos da nossa vida a aprender para ter uma profissão e a trabalhar numa profissão: se não gostarmos dela(s), vamos ser muito infelizes. E disse que é muito mais importante gostarmos da nossa profissão, do que termos uma profissão em que ganhamos muito dinheiro mas em que somos muito infelizes. E tem razão.
Obrigada ao Afonso Cruz, obrigada à Câmara Municipal, que ofereceu os livros aos alunos que participaram. Obrigada à Nádia e ao Guilherme😊.
Ligação para a presentação do livro no youtube
TC